Parceiros de Ouro
0 de 8
Créditos
» Skin obtenido de Captain Knows Best creado por Neeve, gracias a los aportes y tutoriales de Hardrock, Glintz y Asistencia Foroactivo.
» Demás Créditos del Foro.
Parceiros de Prata
0 de 26
Parceiros de Bronze
0 de 34

Jornada de Yuuko - Inicio

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Jornada de Yuuko - Inicio

Mensagem por Yuuko Kanoe em Sab Nov 17, 2018 8:19 pm

Já tinha se passado um tempo desde que sai de casa, havia caminhado bastante pela cidade de Kanto, mas nada me chamava muita atenção devido ao tempo que passei na cidade. O dia estava ensolarado, e eu deitada na grama olhando para o céu imaginando onde poderia ir, já tinha visto tantos locais que nenhum parecia me agradar novamente. Fechei os olhos fiquei apenas sentindo a leve brisa daquela manhã. Não senti o tempo voar até escuta o barulho de um pokemon, ele estava com um grupo de jovens que estavam de viagem, dava para ver que iam para um local frio devido ao que estava a usar, jaquetas de couro. De longe dava para ouvir que iam para uma montanha em uma rota e seguir a oeste. Pensei que estavam loucos, mas minha curiosidade falou mais alto e apenas peguei minha mochila e segui na direção da rota 1.
Yuuko Kanoe
avatar
Mensagens : 30

Treinador

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jornada de Yuuko - Inicio

Mensagem por Yuuko Kanoe em Dom Nov 18, 2018 7:47 pm

Capítulo 1 - Captura


Capturas Amigaveis

A caminhada seguindo os treinadores pokemon, me trouxe a um local totalmente diferente. Lindas e grandes montanhas prontas para serem exploradas por mim. Dava para ver ao longe que tinha varias especies de pokemom voando em volta das montanhas, mesmo estando na primavera ainda sim, o local era um pouco frio por fica próximo as nuvens. Eu já estava acostumada com locais assim, logo não sentia muito os efeitos, mas não quer dizer que eu não teria que tomar muito cuidado. Continuava a caminhar pela rota até chegar numa placa que me aponta o nome de uma cidade a qual eu nunca tinha visto, Glarthy City. - Parece uma cidade interessante. Ah quase esqueço. - Abria minha mochila e pegava minha pokbola, liberando a Absol que se despreguiça toda já reclama do frio rosnando para mim. - Você gosta disso. Não reclama. - Falava a ela qu seguia a meu lado andando pelas montanhas.

O tempo tinha passado e eu ainda estava bem, mas Absol começa a mostrar sinais de que estava com fome. De imediato, procuro uma gruta ou local para que possamos sentar e descansar, enquanto ela comia. Ficávamos próximo a um rochedo que estava fazendo sombra. Da mochila pegava a ração de Absol e colocava no chão para ele comer. Eu encostava na pedra até sentir um forte vento passar por mim, olhei para os lados para ver se achava algo e novamente sentia, mas no caminho contrário. Absol rosna e aponta para a comida, estava diminuindo e ele não era ele quem estava comendo. - Tai...- escutava bem baixinho vindo de cima da montanha, sabia que se tratava de um faminto pokemon. - Absol combine seu Scratch com o Quick Atack! - Absol ficava atenta aos movimento do inimigo e assim que sentia novamente a corrente de ar, saltava com tudo para acertar o pássaro que desvia com uma bela evasiva fazendo Absol rolar campo a fora. O pássaro parecia que voltaria a voar para longe, mas as garras de Absol tinham pego uma das asas e ele estava no chão, caído e com medo.

- Se queria comida, por que não pediu? Eu teria dado... não é Absol? - Acenava ela com a cabeça voltando e um pouco machucado por ter rolado. - Não irei te fazer mal, se vier comigo te encho de comida. Posso? - Não o chamava para poder vir comigo e sim dar um jeito na asa, pois tinha pego um pedaço de pano para fazer um curativo. Bem devagar ele vinha até mim, mas ainda com medo. Com cuidado eu o pegava e fazia o curativo, certamente seria mais fácil usar o potion, mas queria ganhar a confiança dele mesmo que seja muito pouco. - Agora fica ai, tenho que analisar. - Pegava minha pokedéx e apontava para ele, revelando ser um Tailow. - Oh, Tailow que fofinho! Então.. você vem? - Ele me olhava e balança a cabeça dizendo que sim, logo eu pegava a minha pokebola vazia e arremessava nele, ela balança um pouco, mas logo parava o capturando. - Hehe temos um novo amigo, Absol!- Falava a ela e seguia a caminhada na rota, depois de Absol comer

Yuuko Kanoe
avatar
Mensagens : 30

Treinador

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jornada de Yuuko - Inicio

Mensagem por Gust F. em Seg Nov 19, 2018 1:26 am

OBS: Obrigado a Mary que disponibilizou esse template simples porém satisfatório para ser plagiado. <3

História (Máx.: 4.0): 1.60. De certa forma, as coisas foram muito aceleradas, muito corridas, sem muita imersão nos detalhes, além de não ter uma história tão aprofundada. Por exemplo, você tava com seu Absol, sentada e de repente apareceu um Taillow. Você podia, nesse meio tempo, ter dado mais alguns detalhes, tanto referentes ao local quanto à própria personagem e ao pokémon. Depois você fez amizade com o Taillow, mas novamente foi tudo rápido demais, sem muito aprofundamento. Enfim, eu sei que você faz amizade por comida muito facilmente, mas eu acredito que você poderia ter feito um plot mais... trabalhado, digamos assim. Apesar de tudo, eu sei que essa é sua primeira jornada e que você também não tem muito afinidade com os assuntos tratados no fórum, muito menos da forma que é feita (você fazendo sua própria jornada sozinha, sem ninguém pra acompanhar),  então é ÓBVIO que, se você continuar tentando, você vai melhorar os aspectos que eu falei aqui e vai se dar conta de outros que eu sequer citei. Uma dica pra você é adaptar pra sua jornada um plot de algo que você já tenha mais conhecimento e, principalmente, usar sua criatividade. Eu acredito no seu potencial. <3

Batalha (Máx.: NaN): ---

Ortografia (Máx.: 1.0): 0.65. No geral seu texto foi bem escrito, apesar de ter apresentado algum erros não muito relevantes. Porém chamo a atenção para o caso das vírgulas, algumas foram mal posicionadas e deixaram o entendimento do texto um pouco mais complicados (nada que numa segunda lida não desse para entender). Um exemplo é esse trecho do primeiro parágrafo: "mesmo estando na primavera ainda sim, o local era um pouco frio por fica próximo as nuvens", a vírgula que você colocou talvez ficaria melhor posicionado antes do "ainda".

Nota final (Máx.: 5.0): 2.25

Avaliação:
✬✬


Taillow
Nvl: 5 (0/300)
Feliz porque foi alimentado.
Hp: 10/10


Yuuko recebe 100 de EXPc e sobe para o nível 2 (0/200). Perdeu uma Pokeball com a captura.
Recebeu uma Smoke Ball.
Gust F.
avatar
Mensagens : 292

Gust

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jornada de Yuuko - Inicio

Mensagem por Yuuko Kanoe em Sab Dez 08, 2018 10:59 pm

Capítulo 2 - Captura: Mostrando Nosso Valor


Novas Aventuras

Depois de capturar Fly, continuei a andar sozinha pela rota a procura de alguém para treinar. Infelizmente não havia ninguém, a rota estava vazia há um bom tempo e quem passava por mim estava com pressa, indo e vindo da cidade a qual eu tinha como destino. Eu esperava que a cidade valesse a pena, já seria um local de descanso para meus pokemon e também para repor alguns materiais que eu iria precisar. Não parava de pensar em como meu pai ia se sair nessas aventuras, mesmo que não tivesse material o bastante ele bancava o escoteiro e com apenas pedras, folhas e cordas fazia qualquer coisa para se livrar de um problema, mesmo que na maioria das vezes ele acabasse os criando. O conjunto de rochas aos poucos ficava para trás, a montanha estava chegando ao seu fim e a trilha começa a ter mais terra do que areia para minha infelicidade já que minhas roupas estavam começando a ficar com poeira. O tempo de caminhada havia sido maior que o esperado e a tarde já estava virando quase noite.

A temperatura caia, mesmo estando em uma época relativamente quente. Por mais que eu não estivesse a sentir tanto frio, seria bom parar por um momento e descansar. Estar cansada para uma batalha repentina não seria o adequado e já fazia um bom tempo que minha dupla não via o mundo fora de uma pokebola. - Bom, vamos acampar de novo. Acho que vocês merecessem sair e eu uma pausa. - Mexia na mochila enquanto procurava um local onde poderia ficar, não me distanciei muito da trilha para não me perder novamente, o que para alguém como eu não era lá tão difícil assim. Havia um local sem terra ou grama a quase 10 metros da trilha, havia uma grande parede de rochas e no topo dela, uma bela arvore. As folhas estavam bem esverdadas e parecia ter frutas nela, mas para mim seria impossível subir mais tinha alguém que conseguiria facilmente fazer tal proeza.

- Vamos lá, saiam Absol e Fly! - Arremessava as pokebolas para cima liberando as feras que praticamente se esticavam por completo, viver dentro de uma bola não deve ser a coisa mais confortável do mundo. Abria a mochila e forrava o local com um pano, não era lá muito grande mais servia. Absol se deitava ao meu lado e Fly voava de um canto a outro esticando as asas. Pegava a ração de cada um e fazia um montinho de comida para cada. Absol era mais tranquila mesmo para uma fera que consegue sentir o "caos", já Fly nem tanto pois não parava de voar, muito menos para comer. Eu encostava na rocha atrás de mim e aproveitava a grande sombra, afinal estávamos bem debaixo da sombra da árvore. - Hey Fly, por que não vai comer as frutas da árvore? E aproveita deixe umas cair, Absol deve querer algumas. - Gritava para Fly que subia rapidamente até a árvore e com o bico fazia as frutas cair, eram uma macieira e as maças pareciam ser doces. Muitas caiam perto de nós, outras na minha cabeça... Absol adorava quando isso acontecia, pois rolava de tanto rir. Fly ficava na árvore comendo e Absol no chão, fechei os olhos por um momento para descansar.

Praticamente estava dormindo quando uma maçã cai na minha cabeça de novo, olhava para cima e não via Fly na árvore, olhava em volta e não o via voando por perto. Levantava e gritava seu nome para ver se aparecia, Absol ficava de pé ao meu lado mantendo a atenção. Fly aparece voando rápido por detrás das rochas, estava assustado e não dava para perguntar o porque, pois a árvore que estava presa lá em cima se desprende e começa cair em cima de nós. Corri para pegar a mochila e antes que pudesse correr novamente, Absol me acerta um ataque rápido para me lançar para longe. Eu rolava o chão e acaba por machucar um pouco o braço. Me levantava com certa dificuldade mexendo no braço até reparar que Absol estava preso na árvore, na verdade uma de suas patas. Corria até ele para tentar empurrar a árvore, mas estava pesada demais. Comecei a fazer mais força e senti meu braço bom começar a ficar machucado também, o tronco da arvore começa a se mover o bastante para Absol se soltar. Absol estava salva, mas nossos problemas estavam apenas começando, a coisa que tinha feito Fly voar era um pokemon enorme, seu corpo era completamente feito de pedra e nesse exato momento ele estava em cima das rochas no mesmo local onde estava a árvore, não precisava ser um gênio para saber que tinha sido o pokemon quem lançou a arvore.

Pegava minha pokedex para o registrar, para minha surpresa se tratava de um forte Onix. - Ok... isso sim é um problema. Fly não temos como fugir, vamos encarar essa! Eu sei que você consegue! - Gritava para meu pássaro que se mantinha longe e voando, eu tinha que engolir a dor nos braços, Absol era o mais indicado para a batalha, mas naquelas condições precisava de um tempo para se recuperar. Fly ganha coragem e começa a voar para mais perto da grande fera. - Abs... - - Eu sei que ele é fraco contra o Onix, mas é nas horas de dificuldade que vemos o quão forte somos. Fly use Growl e em seguida, Peck! - A batalha começa e eu dava ordens a meu pássaro que pia alto contra Onix, minha intenção era enfraquecer o ataque dele até um ponto em que Fly pudesse aguentar sem sofrer maiores danos. Fly voa rapidamente para acertar um Peck em Onix que se mantinha parado. Fly começa agir de forma estranha, mas ainda sim acerta Onix que parece nada sentir com a bicada, ao contrário de Fly que estava bem mal, Onix havia usado Curse em Fly que começa a sentir mal e sair dali rápido, Onix se aproveita disso para acertar Fly com um Tackle e o faze-lo cair direto no chão. Corri para o pegar antes de acertar o chão, mas infelizmente era eu quem acertava o chão e de costas.

Onix simplesmente saltava lá de cima na minha direção para nos atacar, fechava os olhos pois não aguentaria a pancada. - Ab...sol! - Absol vinha correndo rapidamente e se lançava contra Onix enquanto no ar com seu Quick Attack, ele estava bem e inteiro, mas ainda sentia um pouco a pata. Já tailow estava sem condições e eu o colocava de volta a pokebola. - Vamos lá use Leer e depois Quick Attack! - Absol se move para atacar mais uma vez Onix que não espera e usa a cauda para acertar Absol em cheio. Aquilo não era o bastante para o fazer cair de vez, Absol  tenta fazer a defesa de Onix mais baixa ainda e começa a correr de novo contra ele, estava tudo indo bem até ele sentir a pata e começa a correr de forma instável. Absol ainda sim o ataca, mas não com a força que ele e eu esperávamos, Onix ainda parecia estar muito bem mesmo sofrendo aquele ataque e se aproveita da pouca mobilidade de Absol para atacar com a cauda novamente o acertando, e assim como tinha feito com Taillow el usa curse para deixar Absol mais fraco. - Vamos lá, aguente a dor como eu! Eu sei que consegue. Quero que use Scratch na cauda e em seguida Quick Attack bem no rosto dele! - Absol entende perfeitamente as ordens e novamente corre contra Onix que usa seu Bind, fazendo molas surgirem em volta de Absol e fazendo cair de cara no chão enquanto corria e o apertando fortemente.

Onix parava o ataque ai para usar seu Harden e fazer com que sua resistência aumentasse, meus braços ainda doíam, mas não ia ficar parada sem fazer nada. As molas saem de Absol e ele volta a correr, Absol usa seu Scratch, uma bela patada na cauda de Onix, mas na verdade Absol simplesmente usava as garras para se prender na fera e não soltar. Onix já ia atacar e eu simplesmente começava a arremessar pedras, maçã e até ração em cima dele, pokemon me ignora inicialmente, mas assim que via a ração ele volta a atenção a comida que eu continuava a jogar. Absol da cauda de onde estava preso, salta e acerta um quick attack em Onix em cheio. Ambos caiam no chão e não pareciam que iam levantar. - É agora. - Arremessava uma pokebola vazia em cima de Onix, a pokebola o captura e balança de um lado a outro sem parar. Ele começa a tremer ainda mais, Onix nitidamente não queria vir conosco. A pokebola para de tremer e ele finalmente era capturado. Eu simplesmente caia no chão cansada e cheia de dor, Absol estava bem, mas com dores como eu. Respirando fundo, pegava a pokebola dele para o colocar para descansar, colocava a pokebola de Onix na mochila e em passos lentos, seguia para a cidade.

Yuuko Kanoe
avatar
Mensagens : 30

Treinador

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jornada de Yuuko - Inicio

Mensagem por Gust F. em Dom Dez 09, 2018 2:37 am

Avaliação
História: Deu pra notar uma evolução muito grande do seu último post para este! Você conseguiu desenvolver um plot e, mais do que isso, narrou com muito mais detalhes o que estava à sua volta, o que é extremamente importante, uma vez que você tem um cenário em volta. Está realmente bem melhor este post em relação ao seu primeiro!
Batalha: A sua batalha eu achei um pouco confusa, mas talvez isso se dê ao fato das falas não estarem coloridas ou sequer separadas da narração do combate — que são duas coisas que agregam no texto: a cor da fala e a separação por linhas dos parágrafos —, então não irei comentar muito sobre. Mas você cometeu um pequeno erro no seu combate que vale a pena a menção, até pra você não narrar mais erroneamente: o movimento Curse, que o Onix usou duas vezes, possui dois efeitos: o primeiro deles é o usuário perder 50% de seu HP máximo em troca de fazer o pokémon oponente perder 25 por turno. Este efeito é válido apenas para os pokémon que possuam a tipagem Ghost! O segundo efeito, que serve para os demais pokémon (incluindo Onix), é aumentar o Ataque e a Defesa em troca de perder velocidade. Apesar de tudo, a forma como você narrou o combate — apesar de ser um pouco confusa, como eu já falei — ainda ficou boa, mostrando a sua evolução nesse universo :').
Ortografia: Outra coisa que pode ter colaborado também para que a batalha tenha ficado um tanto alheia se deve à forma como você escreveu. Você repetiu, excessivamente, alguns termos muito próximos, principalmente o nome dos pokémon. Tenta tomar um pouco de cuidado com isso e, se possível, dá uma revisada — mesmo que por cima — nos próximos, ajuda bastante!
Nota:
✮✮✮✮
Bônus:
Absol recebeu 1200 de Experiência e subiu para o nível 8! (150/450)

O player recebeu 200 de Experiência de classe e subiu para o nível 3! (0/300)


Absol
Nvl: 8 (150/450)
Hp: 6/21
+60 Happiness (x2);


Taillow
Nvl: 5 (0/300)
Hp: 0/10


Onix
Nvl: 5 (0/300)
Hp: 1/10

Recebeu o presente Vermelho (3x)!
Recebeu uma White Apricorn.
Gastou 1 Poké Ball.
Gust F.
avatar
Mensagens : 292

Gust

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jornada de Yuuko - Inicio

Mensagem por Yuuko Kanoe em Seg Dez 10, 2018 10:38 pm

Capítulo 3 - Treinamento


Novas Aventuras

A caminhada havia demorado mais tempo do que eu imaginava, obviamente não teria como ser mais rápida visto meu estado. Mesmo forçando meu corpo para andar mais rápido, não pude evitar de chegar na cidade já ao cair da noite, não me importaria se eu estivesse em meu estado normal. Meus braços estavam latejando e machucados, as costas doíam a tal ponto que carregar a mochila estava sendo um sofrimento, minha respiração estava ofegante de modo que tive que parar por um momento. Me apoiada nas pernas para tentar reunir forças, meu estado era tão complicado que ao olhar para a cidade tinha a impressão de estar se mexendo, os grande prédios que pareciam minhocas se remexendo sem parar. A visão estava começando a me abandonar, ao tentar andar meu corpo simplesmente para e eu cai no chão, deitada olhando para frente só via dois vultos e um era muito pequeno, parecia até um cachorro. Sorria e simplesmente desmaiava.

Aos poucos despertava abrindo os olhos devagar, a visão focava bem devagar e eu sentia que estava em cima de uma nuvem, mas na verdade era uma cama e muito fofa. Olhava em volta para tentar entender onde estava, meu cérebro parecia que ainda estava dormindo, pois demorei a ver que estava em um quarto de hospital bem pequeno. A cama não era uma cama e uma maca quase do meu tamanho, eu estava coberta por um lenço verde com cheiro de lavanda. Atrás de mim tinha dois travesseiros muito confortareis. O quarto era pequeno não tinha nada de muito extravagante, as paredes eram meio rosadas, o piso era de um branco amarelado, não tinha muitos móveis apenas uma mesinha pequena encostada na parede oposta a da minha cama onde estava minha mochila bem suja de terra. Havia uma janela meio aberta a minha esquerda com cortinhas de renda branca, entrava uma leve brisa trazida das arvores que pareciam estar bem próximas da janela. Do lado direito só tinha a porta de madeira e bem ao lado um quadro mostrando uma paisagem de flores.

Respirava fundo e tentava me levantar da cama, meu corpo não doía tanto quanto antes, foi ai que percebi que meus braços e tronco estavam enfaixados. Ouço alguém bater a porta e antes que pudesse dizer "entre" ela já entrava. Uma enfermeira de cabelos rosas, olhos azuis e com uma cara de quem não sabia o que era tristeza, pois estava sempre sorridente. Ela carregava na mão uma badeja com três pokebolas, que eram colocada ao lado de minha mochila.

- Oh já acordou? Se sente bem? Dói alguma parte de seu corpo? Sabe me dizer seu nome? - perguntava ela ainda com um grande sorriso no rosto.

- Han... prazer, me chamo Yuuko e não, não sinto mais dores. Quer dizer, da pra aguentar tranquilamente. Onde estou e como vir parar aqui? - Perguntava a enfermeira que me trazia a bandeja com as três pokebola.

- Isso é ótimo! Seus ferimentos não eram tão graves, logo consegui tratar. Espero que não se importe, mas cuidei dos seus amiguinhos, os coloquei em nossa maquina para poder se curarem, agora estão como novos! Sou a enfermeira Joy, a seu dispor. Você está no hospital e pokecenter da cidade de Glarthy City, um treinador o viu batalhar com um Onix e a trouxe aqui. Ele esta lá fora, esperando para lhe ver. -

Ficava sem saber o que responder, apenas pegava minhas pokebolas e via que de fato estavam bem tratadas. A enfermeira mede minha temperatura, acusava um pouco de febre, nada demais. Ela saia e eu permanecia deitada olhando para o teto por um bom tempo, mas o tédio finalmente chegava e eu levantava da cama. Estava tão desligada que só ao levantar reparava que estava de camisola verde e tinha pantufas para eu poder usar no lugar dos sapatos. Os calcei e guardei as pokebolas no bolso da camisola, andava devagar para não complicar meu corpo. Abri a porta e dei de cara com um imenso corredor, tinha varias portas de outros quartos, mas estavam totalmente fechadas. Não tinha fluxo de pessoas no local, só as enfermeiras onde eu jurava ter visto duas enfermeiras Joy.

- Hey! Você é a menina que eu salvei né? Prazer meu nome é Jhon! Se sente melhor? - falava um rapaz sorridente também.

- Han... sim. Sim sou eu, prazer me chamo Yuuko. Obrigada por ter me ajudo! - respondia com um sorriso também.

O rapaz tinha quase a minha altura, cabelos castanhos curtos e liso. Olhos escuros e uma pinta na bochecha esquerda. Usava um colete verde e uma blusa azul. Bermuda beje e tênis vermelhos, parecia ser mais um garoto normal até eu reparar o que estava em sua cabeça, um cachorro com cauda enrolada, era um Vulpix a qual já tinha visto tantas vezes com meu pai, exploração a fora. Pegava a pokedex para o analisar mesmo assim.

- Hahahaha, desculpe. Esse é o Fox, meu amigo inseparável. Ele quem te farejou, está um pouco entediado até agora pouco. - Comentava o rapaz que fazia carinho no foucinho de Fox.

- Que tal agitar as coisas? Uma batalha cada um só pode usar dois pokemon. O que acha? - Fazia a proposta mostrando minhas pokebolas.

- Obaaaa! É claro que eu aceito e sei até onde poderemos batalhar! - dizia entusiasmado.

Ele ia na frente e eu o seguia, íamos de um corredor a outro passando pela recepção e indo reto pelo corredor. As placas indicavam que estávamos indo para o jardim que tinha atrás do hospital. Jhon abre uma porta de ferro e os raios de sol incomodam meus olhos inicialmente, mas em seguida já conseguia ver direito. Estávamos em um jardim florido de grama média, cobria quase nossos pés inteiros. Havia varias flores de todas as cores vermelhas, azuis, amarelas, roxas e etc. A fragrância era algo que não dava para se descrever, no centro do jardim a grama era mais baixa, cortada nos mínimos detalhes, havia flores na lateral dessa grama cortada que ao chegar mais perto, via que formava um campo de treino pokemon, me fazer ficar de boca aberta.  Jhon ia para a outra ponta tomar sua posição e eu ficava bem no começo próxima a porta.

- Quem perder os pokemon primeiro, perde! Meio óbvio né! hahahahaa - dizia rindo.

O rapaz parecia ser um completo idiota, eu apenas concordava com os termos. Vulpix era o primeiro pokemon dele a lutar. Eu poderia ir de Absol, mas era o mais evoluído do grupo, logo escolhia outro que merecia ter uma chance de batalhar.

- Vai Fly! - arremessava a pokebola no ar. O pássaro sai voando de um lado a outro, mostrando que estava muito bem. Ele vinha para perto de mim, observando se eu de fato estava bem. Ao se certificar que sim, voltava a sua atenção para seu oponente Vulpix. - Vamos lá, use Focus  Energy e depois Peck! -

- Vai Fox, use Tail Whip e depois Tackle! - Ambos davam suas ordens e eram de estratégia, o bico de Fly começa a brilhar e ele voa direto para cima de Vulpix, para nosso azar o ataque havia sido de um dano normal. Vulpix apenas derrapa no chão. Ele finta Fly e rugindo faz com que chamas surjam do solo acertando Fly que era lançado para cima. Fly estava com leves ferimentos e algumas penas a menos. Vulpix ainda estava bem melhor comparado a meu pássaro que se mostrava determinado em vencer.

- Vamos Vulpix, use Tackle e o mande para longe e em seguida use Ember! - Jhon dava as ordens muito determinado de que conseguiria dar um jeito em Fly que queria ir com tudo também. - Vamos lá use Peck duas vezes! - Fly voava com tudo para baixo novamente fazendo seu bico brilhar. Vulpix corre a toda velocidade e salta para cima para o acertar também. Ambos se chocam e acontece uma explosão, terra e grama sobem para todos os lados, de um lado Vulpix rola a grama até quase chegar perto de Jhon, de outro tinha Fly que vinha arrastando pelo chão. Estava bastante machucado, mas isso não o impede de ficar de pé. Vulpix não parecia que conseguiria levantar, Fly se aproveita disso e voa na direção do oponente o acertando e o fazendo ir de costas para a árvore de onde não levantava mais.

- Volta Vulpix. Nossa que forte seu Taillow, mas esse aqui ele não tem chances! Venha Corage! - Jhon arremessa a pokebola para cima e dela sai um grande cachorro preto e vermelho. Apontava minha pokedex para ele para fazer uma analise. Meu pokemon já não aguentava mais lutar mesmo que ainda estivesse de pé.O recolhia e lançava outra pokebola, a de Onix. Ele sai da pokebola e assim que me vê rosna como quem não gostou de estar preso a mim, mas ao notar que estava em batalha contra um cachorro maneiro, ele volta a ficar de "bom humor".

- Descarrega sua raiva nele, eu estou de "cama" e graças a você! Vamos lá Onix use Bind! - falava a Onix que rosnava alto.

- Corage use Leer e depois Ember! - Jhon tinha o mesmo inicio de estratégia de antes o que significa ser um padrão dele em batalhar. Onix rasteja até o cão e se move para o acertar com seu rabo no rosto do cão, o coitado era lançado para longe, mas usa suas quatro patas para se equilibrar e parar. Houndour late bastante e, assim como Vulpix, chamas saem do solo. Achei que não causaria muitos danos, mas o pokemon estava com um ataque maior ou meu o meu não era tão resistente assim. Onix ainda estava bem, diferente de seu oponente que já estava com as patas um pouco bambas.

- Falta pouco, vamos lá use Bind e depois Tackle! e lance na árvore! - falava quase aos gritos com Onix. - Cogare use ember duas vezes, você consegue! - Jhon também vinha com tudo.

Corage lança novamente suas chamas em Onix que nem se mexe. Ao do seu oponente molas surgem para o segurar, ele tentava de todas as maneiras se soltar, mas não a tempo de Onix avançar e dessa vez de cabeça. A grande lagarta de pedra da uma cabeça em Houndour que o faz voar árvores a dentro causando um pequeno estrago no jardim.

- Bom... perdi essa. hahah! - Falava o menino ainda mantendo seu sorriso e recolhendo seu amigo.

- Bom trabalho, Onix.. digo, Brave. - Recolhia o meu também para descansar.

- Devia desafiar o Gym, ia ser uma ótima oponente para ele. Mesmo que não seja de seu interesse fazer isso. É ótimo para testar a equipe de forma geral. - novamente com seu sorriso e determinação.

- Acho que vale a pena dar uma olhada, se perder... bom faz parte e é só treinar mais. Tenho que ir agora, minha jornada só começou. Obrigada foi muito divertido! - me distanciava acenando.

Jhon acenava dando tchau e gritava que teria sua revanche se nos víssemos novamente, algo que eu aceitaria. Voltava para meu quarto e pegava minhas roupas que estavam na mochilas, logicamente seria a reserva até eu achar um local para poder lavar a outra. Ia no banheiro me trocar, colocando a suja em uma sacola a parte para não sujar tudo. Ao sair ia no pokecenter e daria as pokebolas para tratarem de meus bebês enquanto eu faria compras na loja ao lado, era um pokemart e estava cheio como sempre.

- Olá, poderia me dar três pokebolas normais e duas potion? - Falava com o vendedor que não demorava mais que dois minutos para me trazer tudo. Eu colocava os itens na mochila e passava no pokecenter para pegar minhas pokebolas e também colocar na mochila que estava ficando pesada. Meu ferimentos já nem doíam, mas tinha reparado um kit de primeiros socorros que alguém tinha posto lá dentro, não era difícil saber quem. Saia do local e finalmente podia ver a cidade em que estava, diferente de onde eu morava que era quase uma fazenda, essa cidade era cheia de prédios que parecia tocar as nuvens, muitas pessoas indo e vindo com pressa, outras nem tanto pareciam seguir o ritmo das coisas. A cidade era pacata embora o barulho da população, não dava para ver se tinha muitos treinadores, mas com certeza deveria ser o point de descanso para muitos.

- Estou conseguindo, pai. Estou montando minha equipe e a fortalecendo, muito em breve terei uma das equipes mais fortes e usarei os Gym das cidades para testar meus pokemon, só assim... só assim poderei ter a mais forte equipe para capturar aquele pássaro azul e cuidar daqueles indefesos. - Pensava alto e acabar por atrair a atenção de algumas pessoas que não deviam entender nada do que estava a acontecer. Seguia meu rumo ao ginásio da cidade para meu primeiro teste.


Yuuko Kanoe
avatar
Mensagens : 30

Treinador

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jornada de Yuuko - Inicio

Mensagem por Gust F. em Ter Dez 11, 2018 2:57 am

Avaliação
História: Eu gosto muito da forma como você narra os acontecimentos e a paisagem ao seu redor, você narra muito bem e isso já é um mérito. Nessa jornada eu achei que você começou muito bem, desenvolvendo um plot inicial muito bom, mas eu achei que no final você acabou caindo no maior clichê de pokémon que é um treinador todo simpaticão aparecer e querer batalhar só porque sim. Seria bom se você conseguisse evitar ao máximo esse tipo de história e partisse para algo que, no final, surpreende-se mais o leitor. Uma observação que eu acho interessante comentar: a forma como você separou os parágrafos ficou bem melhor, eu avisei.
Batalha: Bom, aqui você não cometeu —  ao menos que eu tenha notado — nenhum erro técnico quanto aos efeitos de cada movimento, ótimo. Porém eu achei que ainda ficou um pouco confusa, mas por conta dos erros de pontuação. Além disso ficou um pouco corrido o combate, mas sinceramente, eu acredito que isso é apenas o tempo. Quando você tiver um tempinho, releia o combate que você fez e vai pensando "hum, e se eu descrever mais um pouco disso?", e com o tempo você vai fazendo isso. Quero lembrar também que ninguém em sã consciência vai lembrar como funciona mais de 800 movimentos de cabeça (no sentido narrativo, se ele é disparado, se brilha e o caralho a quatro), então o que eu recomendo você a fazer é sempre acessar (se ainda não o faz) a página do movimento que você vai usar na Bulbapedia. Lá, além de todas as informações técnicas, você ainda pode ver ao menos uma figura de como o movimento foi executado no anime, e isso dá uma base de como narrá-lo. =D
Ortografia: Eu encontrei muitos erros de digitação durante o seu texto, e alguns eu nem mesmo consegui entender o que de fato significava. Tente tomar cuidado com eles, as vezes atrapalha. Alguns erros de pontuação, como eu já citei antes, também colaboraram um pouco para o texto ter ficado um pouco mais confuso, sobretudo a partir da metade dele. Ademais, o texto foi bem escrito.
Nota:
✮✮✮
Bônus:
Fly recebeu 900 de Experiência e subiu para o nível 7! (250/400)
Brave recebeu 900 de Experiência e subiu para o nível 7! (250/400)

O player recebeu 150 de Experiência! (150/300)


Taillow
Nvl: 7 (250/400)
Hp: 12/12
+40 Happiness (x2);


Onix
Nvl: 7 (250/400)
Hp: 12/12
+40 Happiness (x2);

O(a) player recebe 300$!
Recebeu os presentes Rosa, Rosa e Vermelho!
Recebeu uma Grass Gem.
+3 Poké Balls
+2 Potions.
-600$ (50% de desconto)
Gust F.
avatar
Mensagens : 292

Gust

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jornada de Yuuko - Inicio

Mensagem por Yuuko Kanoe em Sab Dez 15, 2018 6:04 pm


Novas Aventuras

- Ah... bom vamos lá! - Era d manhã novamente, eu havia optado por descansar um pouco mais até que meu corpo estivesse bom o bastante para não me causar desconforto. Acabei ficando pelo centro pokemon onde tinham me oferecido um lugar para descansar. A enfermeira tinha trocado minhas ataduras por curativos mais simples e fáceis de eu mesma os trocar. Eu já tinha um foco para meu dia e era desafiar o Gym local, se teria chances era algo que nem eu sabia dizer, mas ia ser um ótimo treinamento de qualquer forma. Antes de ir ao ginásio passei uma vez mais no mercadinho central, descobri que estavam a vender discos coloridos bem interessantes. Eram as famosas habilidades para ensinar.

- Hey tio poderia me dar aquela ali? - Falava ao bigodudo de camisa verde e óculos que estava a vender, mas estava tão distraído que nem me ouviu. Uma outra criatura aparece e era literalmente verde, parecia um anã que pulava nas prateleiras para pegar o item e me entregar. - Hannn obrigada. - Entregava a ela o valor da Tm e saia dali indo para a porta da frente. Embora o sol nos agraciasse com sua presença, não estava tão quente devido a presença de algumas nuvens e uma leve brisa, a cidade estava pacata como sempre as pessoas robôs que iam de um lado a outro era algo que aos poucos estava me irritando, pois era nítido que não tinham um objetivo além de ir e vir de um local.

Respirei fundo e segui a caminho do ginásio, aparentemente não era a única havia outros treinadores que se aventuravam em ir, só não sabia se era para batalhar já que havia rumores de que lá tinha um museu pokemon. Não faltava muito para chegar no ginásio, mas antes de continuar eu parava no meio do caminho pois tinha algo a ensinar para absol antes. - Vamos lá? - Pegava sua pokebola e a lançava para cima.

Absol estava com preguiça e assim que saia da pokebola simplesmente deitava no chão bocejando. - Ora... chega de descansar, vamos enfrentar alguém forte e você precisa disso. - Mostrava a ele a Tm onde eu colocava-a na pokedex para rodar o movimento para ele. Absol presta bastante atenção, repentinamente ele se levanta e seu corpo começa a brilhar por inteiro. Ele estava treinando o movimento que parecia ser fácil e o deixava mais forte, o que era ótimo para a ocasião. - Vamos. - Não o colocava na pokebola, seguia o caminho para a entrada do ginásio onde tinha alguns seguranças o que não era para menos. Entravamos e vimos de cada no primeiro andar um grande museu pokemon e do tipo inseto. Havia quadros e mais quadros, algumas estatuas e até replicas de habitat natural deles, alguns treinadores gritavam dizendo ter visto um pokemon inseto nos lugares do museu.

Ficava feliz em saber que existia um lugar que permitia os pokemon viver tranquilamente, mas eu não tinha tempo para desfrutar do museu. Subia para o segundo andar onde para minha surpresa havia um palco para os performers, eram tantas luzes câmeras que não conseguia fechar a boca. Balançava a cabeça de um lado a outro para voltar ao planta terra. Percebi que havia uma escada de madeira que levava ao próximo andar. Subia devagar pois a escada parecia ser velha e fazia uns barulhos, Absol ia frente para me proteger de eventuais problemas. Ao chegar lá em cima nos damos de cara com algo diferente comparado aos andares anteriores, havia vários buracos no tronco de arvore. Eu ainda estava observando o local até reparar que Absol estava incomodado com as teias de aranha que estavam no chão. De tanto ele puxar acabou por atrair alguns convidados.

- Parabéns absol, temos uns quatro convidados. - Pegava a Pokedex para analisar quem era e para minha surpresa eram pequenas dores de cabeça. Eram uma dupla de Combee's e Vespiquen's que vinham em nossa direção. - Batalha em quarteto não vale não hein. Absol use Leer neles e depois Scratch para se soltar e os atacar. -

Absol cumpria as ordens onde inicialmente aumentando seu ataque para fazer mais danos. Absol se mexer e ataca as teias para se soltar e ir na direção do quarteto que simplesmente se separava para escapar do ataque. Absol sozinho não daria daqueles quatro, logo eu pegava a pokebola de Onix. - Vamos lá grandão. Absol use Quick Attack para avançar rápido e em seguida use Scratch, para acertar um ou outro. Onix aguarde quero que ataque de Absol e use Tackle duas vezes naqueles que atacarem absol. -

A formação ofensiva estava feita. Absol corre rapidamente para cima de seus oponente, Onix lhe oferece a cauda para que ele salte e ataque no ar com uma patada um dos Conbee que cambaleia. Como previsto os demais iam para cima e Onix acerta a cauda em dois eles. O impacto havia feito um belo estrago em um Combee e em um Vespiquen. A dupla que tinha ficado cada um resolve atacar, Combee dava uma bela mordida no rabo de Absol que o faz correr de um lado a outro tentando o fazer soltar, já Onix recebe uma bela ferroada onde não parece sofrer muito por isso. A outra dupla no chão se levanta, não estava muito bem para atacar.

- Absol uso Quick Attack e corre em circulos para forçar o Combee soltar. Tente o arremessar nos amigos parados ali, depois use de novo e tente fazer um strike, Onix o mesmo para você. Tackle duas vezes! - Ia repetir a formação de ataque anterior, eu tinha uma vantagem devido ao Onix ser mais forte. Absol corre de um lado a outro para poder fazer Combee soltar, infelizmente não era para cima de seus amigos. Absol para de correr e logo retorna para atacar Combee no ar. Onix aproveita a distração para acertar uma caudada nos que tinham ficado feridos e esses não levantavam mais. Havia sobrado um Vespiquen que não tinha coragem de atacar e voltava a se esconder nos buracos.

- É... isso foi estranho. Voltem aqui, vou tentar os deixar novos em folha. - Pegava uma poção na mochila e borrifava em Absol e em Onix. Os guardava dentro das pokebolas e seguia para o Gym.

Yuuko Kanoe
avatar
Mensagens : 30

Treinador

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jornada de Yuuko - Inicio

Mensagem por Gust F. em Dom Dez 16, 2018 10:34 pm

Avaliação
Como adiantado no chat, o obstáculo é apenas avaliado como válido ou inválido.

Válido!
Bônus:
Absol recebeu 600 de Experiência e subiu para o nível 9! (300/500)
Brave recebeu 600 de Experiência e subiu para o nível 8! (200/450)

Yuuko recebe 150 de Experiência de classe e sobe para o nível 4! (0/400)


Absol
Nvl: 9 (300/500)
Hp: 23/23
+20 Happiness (x2);
Aprendeu Swords Dance!


Onix
Nvl: 8 (200/450)
Hp: 13/13
+20 Happiness (x2);

-1600$ (Por comprar a TM Swords Dance)
-2 Potion
Gust F.
avatar
Mensagens : 292

Gust

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jornada de Yuuko - Inicio

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum